Metaverso será a tendência de 2022, diz CEO da Binance

Atualizado: 3 de jan.





Em entrevista à RIA, portal de notícias da Rússia, Changpeng Zhao, fundador e CEO da Binance, comentou sobre as suas expectativas em relação as criptomoedas no próximo ano.

Conhecido como CZ da Binance, ele espera que autoridades forneçam uma maior clareza regulatória sobre o setor, o que pode ser um sinal positivo à medida que a indústria pode trabalhar de forma mais tranquila.


Além disso, CZ também comentou sobre o que ele espera que seja tendência em 2022. Segundo ele, o ano será marcado por novos e existentes casos de uso de NFTs, como jogos e metaverso.


Ainda estamos no começo

Embora o setor de jogos onde usuários podem ganhar dinheiro jogando, conhecidos como P2E (jogue para ganhar), já esteja bem popularizado, a afirmação de CZ aponta que esta é uma indústria nova que ainda tem muito espaço de crescimento.


Além disso, o CEO da Binance também mencionou novos casos de uso para NFTs. Sendo essa uma das principais características desse setor, a inovação e criatividade, já que qualquer pessoa como uma boa ideia pode materializá-la, ou digitalizá-la, neste caso.

“Acho que podemos esperar o surgimento de mais ativos e a entrada de novos investidores neste mercado. Outra tendência poderosa são os jogos. […] Também acho que o próximo ano será marcado por novos casos de uso para NFTs: as pessoas vão usá-los para ingressos de shows, e em jogos 3D.”

Apesar disso, CZ fez questão de lembrar dos riscos deste mercado de NFTs. Afinal, ele pode apresentar volatilidade por ser um ambiente novo e que as criptomoedas performaram bem neste ano graças ao interesse de instituições pelo Bitcoin.

“Não compre o que você não entende”

Já aos novos investidores, o bilionário recomenda que estes invistam valores pequenos até sentirem-se confortáveis com o mercado. Segundo ele, é fácil cair em golpes como o da Squid Game quando você não possui nenhuma experiência no assunto.


Stablecoins e CBDCs

Outro assunto que está tornando-se cada vez mais popular, principalmente por bancos centrais e legisladores, são as stablecoins e como as CBDCs — moedas digitais de bancos centrais — serão criadas para enfrentá-las.


Em defesa as stablecoins, CZ afirmou que caso elas não existissem, seria muito mais difícil realizar práticas de arbitragem, o que resultaria com que o Bitcoin tivesse uma cotação de preço diferente em cada país. Ou seja, hoje as stablecoins são um papel fundamental nesta economia por reduzir o custo e o tempo de uma transação, bem como aumentar a acessibilidade.


Quando questionado se a Binance integrará CBDCs em sua plataforma, CZ afirmou que isso dependerá dos governos, afirmando que a exchange precisa de permissões para isso, ao contrário da listagem de cripto-ativos.



FONTE: Clique Aqui


======================================

Colaboração e pesquisa de:

Ferraz



Baixem o nosso termo de serviço:


Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso bloog são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral.


Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.




FRANZ PIRES

presidente.png

Olá,

Somos a G7 INNOVATION COMMUNITY, uma comunidade altruísta com a intenção de ajudar cada um de vocês a gerarem renda no mundo dos ativos digitais.

Postagens

Tags