LOJA DE APLICATIVOS DESCENTRALIZADOS?




Falar sobre Ethereum é encontrar opiniões muito divididas, afinal, para alguns, a mesma não passa de mais uma altcoin, enquanto para outros ela é o futuro. Entretanto, algo que ninguém pode negar é que as alternativas de segurança, eficácia, privacidade e liberdade garantidas pela rede são extremamente significativa para todos.


Mas não acaba por aí, a plataforma de finanças descentralizadas (DeFi) se tornou uma das maiores protagonistas de um mundo muito próspero: o metaverso.


Enfim, entusiastas da Ethereum não faltam e o diretor da Transformação Digital da Microsoft (NASDAQ:MSFT) (SA:MSFT34), Yorke Rhodes, deu suas considerações sobre a plataforma blockchain. O mesmo afirmou que a mesma caminha para se transformar em uma espécie de repositório de aplicativos, semelhante a popular AppStore.


Como?

Bom, graças aos seus pilares de versatilidade, autonomia, descentralização e baixas taxas para desenvolvimento de aplicativos. Cada uma dessas características, de acordo com Rhodes, são capazes de estremecer até mesmo uma das maiores lojas de aplicativos.


Relação do executivo da Microsoft e a rede Ethereum

Aparentemente, o apoio do executivo a rede blockchain vem de longa data. Em agosto, Yorke Rhodes saiu em defesa de recursos da tecnologia da blockchain, apontando a prova de conhecimento zero, que garante a criptográfica idoneidade e segurança dos contratos sem que as partes envolvidas se conheçam.


Além disso, ele colocou em jogo que a cadeia de blocos ancorada na cadeia Ethereum garante total segurança sempre que um novo contrato é feito. Assim, evita-se fraudes nas transações.


O que todo esse apoio tem de bom?

Ao que tudo indica, será um dos sedimentos para a criação do metaverso. Inclusive, nesta última semana, analistas do Goldman Sachs (NYSE:GS), reviram o discurso do executivo da Microsoft sobre a tecnologia.


Muitos afirmam que a blockchain estará no coração do metaverso, afinal, além de possibilitar o alcance a posse de patrimônios, a blockchain também será uma espécie de amálgama para que os usuários possam circular entre os mais diversos ambientes virtuais.


Talvez seja muito cedo para dimensionar a vida no metaverso, mas é quase certeza que sem a rede Ethereum, tudo não será possível.





FONTE: Clique Aqui


======================================

Colaboração e pesquisa de:

FERRAZ



Baixem o nosso termo de serviço:


Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso bloog são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral.


Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.




FRANZ PIRES

presidente.png

Olá,

Somos a G7 INNOVATION COMMUNITY, uma comunidade altruísta com a intenção de ajudar cada um de vocês a gerarem renda no mundo dos ativos digitais.

Postagens

Tags